Translate

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Depressão nervosa


 
Sinônimos: Depressão maior, Depressão Unipolar, Transtorno depressivo maior

Depressão pode ser descrita como um sentimento de tristeza, desânimo, infelicidade ou angústia. A maioria de nós sente-se assim uma vez ou outra por curtos períodos de tempo.
A depressão clínica verdadeira é um transtorno de humor no qual os sentimentos de tristeza, perda, raiva ou frustração interferem na vida cotidiana por semanas ou meses.

Causas 

A causa exata da depressão não é conhecida. Muitos pesquisadores acreditam que ela é causada por alterações químicas no cérebro. Isto pode ocorrer por um problema com os genes ou pode ser provocado por eventos estressantes específicos. O mais provável é que seja uma combinação de ambos. Alguns tipos de depressão são familiares. Mas a depressão também pode ocorrer se você não tem nenhum histórico familiar desta doença. Qualquer um pode desenvolver depressão, até crianças. 

Os seguintes podem influenciar a depressão:

  • Abuso de álcool ou drogas
  • Condições médicas específicas, incluindo hipotiroidismo, câncer ou dor por um longo período de tempo
  • Certos medicamentos como esteroides
  • Problemas de sono
  • Eventos estressantes, como: -Término de relacionamentos amorosos
  • Reprovação escolar
  • Morte ou doença de alguém próximo a você
  • Divórcio
  • Abuso ou negligência infantil
  • Demissão do trabalho
  • Isolamento social (comum em idosos)
Veja também: Depressão na adolescência


Exames

O seu médico fará perguntas sobre o seu histórico médico e sintomas. Suas respostas e certos questionários podem ajudar o médico a diagnosticar a depressão e determinar a sua gravidade.
Exames de sangue e urina podem ser realizados para descartar condições médicas com sintomas similares aos da depressão.

Mais sobre Depressão nervosa

Se você têm pensamentos suicidas ou de machucar a si próprio e outros, ligue imediatamente para o número de emergência local (como 192) ou vá a um pronto-socorro.
Consulte imediatamente o seu médico se: 
Você ouvir vozes que não existem. 
Você tiver crises de choro frequentes com motivos pequenos ou ausentes. 
A sua depressão estiver atrapalhando a sua vida profissional, escolar ou familiar. 
Você achar que seus medicamentos atuais não estão funcionando ou estão causando efeitos colaterais. Nunca substitua ou interrompa medicamentos sem antes conversar com o seu médico. 

FONTE: http://www.minhavida.com.br/saude/temas/depressao-nervosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário